Além de cosmopolita, exclusiva e mágica, Marrakech possui muitos segredos, lugares especiais que vão além dos tradicionais pontos turísticos da cidade, são locais onde você vai se sentir verdadeiramente em um dos contos das 1001 Noites.

Quero te contar alguns desses segredos num roteiro com história, arte, moda!

É difícil não lembrar de Yves Saint Laurent quando o assunto é Marrakech. Em 1966 Saint Laurent e seu parceiro Pierre Bergé descobriram um jardim exuberante e uma Villa – uma casa em estilo sóbrio mulçulmano e art déco construída pelo artista Jacques Majorelle, que em 1937 criou um tom de azul mundialmente famoso entre o ultramarino e cobalto denominando “Azul Majorelle”! Apaixonados pelo local, compraram e reformaram a Villa, que serviu como estúdio a Yves. Ali ele criou muitas de suas coleções de alta costura!

Hoje ainda existe nesta mesma área o “Museu YSL Marrakech”, o “Jardin Majorelle”, e o pequeno “Museu Pierre Bergé de Arte Berbere” – meu primeiro segredo!

Ele possui um acervo de trajes, acessórios e joias da cultura berbere colecionados pelos dois ao longo de viagens pelo Marrocos, o museu se localiza dentro do jardim (compre um bilhete conjunto, ele te dá acesso à todas  essas áreas ).

Dois segredos ainda imperdíveis localizados ao lado do Museu YSL, são as duas Boutiques inspiradas nas tradições e contemporaneidades do estilo marroquino; a “Maroc’n Roll” com roupas e acessórios e a “33 Rue Majorelle” com um misto de decoração, roupas e muito mais!

Não muito longe dali ainda no bairro do Gueliz, o “Grand Café de la Poste” é um lugar de puro charme, uma construção dos anos 20 com um ambiente sofisticado digno de locação de filmes! É uma pausa deliciosa para um café!

A “Medina” é a área mais antiga da cidade, cercada de muralhas é considerada uma das mais exóticas do mundo mulçumano, entre ruelas estreitas o mistério aumenta, são caminhos artesanais, únicos e desafiantes, sobretudo pelo emaranhado de ruas que o compõem.

O “Jardin Secret” é outro segredo, na verdade são dois jardins, um jardim exótico com plantas de vários lugares do mundo e um jardim islâmico que representa o paraíso, que é disposto de acordo com regras geométricas rígidas. As origens do complexo remontam a mais de quatrocentos anos.

Hoje você pode apreciá-lo plenamente, graças à recente reforma; Le Jardin Secret faz parte da grande tradição dos imponentes palácios árabe-andaluzes e marroquinos. É um paraíso de tranquilidade e beleza dentro da agitada Medina!

Entre as dicas gastronômicas, o “Le Jardin” é uma ótima dica, mas é por ali que se descobre mais outro segredo de Marrakech, sua entrada fica dentro do pátio do restaurante, a Boutique “Norya Ayron” é um achado! Sharon Stone, Kate Moss, Isabelle Adjani, Monica Bellucci, Juliette Binoche, entre outros já conferiram e são clientes assíduas – são vestidos inspirados na história marroquina com uma produção limitada e exclusiva!

Ainda na Medina se encontra o “Palácio Bahia” que significa Brilhante em árabe-marroquino (outro segredo), um palácio e jardins que ocupam uma área de 8000 m2, construído no final do século XIX com uma arquitetura árabe-marroquino de primeira qualidade , ele já foi locação do lançamento da linha Cruise da Dior em 2020! É uma harmonia de cores e formas!

Outra atração em Marrakech é o mercado das especiarias , o “Place des Épices”, é o encontro de todos os aromas e cores de Marrakech, uma praça com tudo que a cidade pode oferecer.

O segredo está em uma vista maravilhosa dos terraços do restaurante “Nomad”, além da ótima comida e um merecido descanso da agitação da Medina, eles possuem uma carta de sorvetes artesanais deliciosos (sorvete de rosas com framboesa e pimenta-do-reino!!! Inesquecível!).

Em termos de autenticidade, os “Riads” não são mais segredo nenhum. São casarões tradicionais marroquinos com um pátio interior com jardim transformados em pequenos e exclusivos hotéis muito procurados na Medina! Verdadeiros sonhos de 1001 noites!

Mas em questão de hotéis de luxo, Marrakech não deve a nada a ninguém, Madonna, Katy Perry, Cristiano Ronaldo, entre outros estão sempre por aqui.

O hotel “La Mamounia” é um lugar especial e também não é nenhum segredo a muito tempo. Inaugurado em 1929, com um interior suntuoso e jardins maravilhosos, é um complexo que foi restaurado ao esplendor marroquino. É um encontro de história e luxo!

De fato, lá fora, em meio ao barulho, aos cheiros e ao pó do mundo exterior, a silenciosa perfeição de La Mamounia parece ser um pequeno milagre.

Como tudo no hotel, os quartos têm um glamour exótico que é ao mesmo tempo moderno, enquanto permanecem completamente marroquinos. Os tradicionais pisos de azulejos, paredes de azulejos intrincados e estuque belamente esculpido (chamado Gebs) são perfeitamente transpostos para o presente.

Por mais bonito que o hotel seja, ainda são os jardins que fazem de La Mamounia um lugar tão especial.

Originalmente La Mamounia era o jardim que um sultão deu de presente a seu filho quando ele estava prestes a se casar, e o que mais poderia um homem que tinha tudo o que precisava do que um lugar onde, em meio à loucura, pudesse encontrar paz, tranquilidade e silêncio?

Este é o espírito que vive no hotel e faz dele a combinação perfeita de glamour em seu melhor e mais pacífico esplendor.

About Author

Paulo Hartung

Criador de conteúdo, designer e stylist sediado na Alemanha. Curioso por moda, arte e viagens. "Conteúdo com estilo e com o meu olhar!". Meu instagram @paulo.hartung

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *