Elas estão mais felizes do que nunca, muito mais fortes e seguras e em pleno processo de reinvenção da vida. Assim estão as mulheres 50 +, encantando com a maturidade e definindo o conceito: “Hoje os 50 são os novos 30”.

Não é sobre a idade que estou falando, é sobre a maneira como as mulheres estão lidando com a vida, é sobre atitude!

Estamos muito mais resolvidas, quando se trata de relacionamento já não esperamos que a outra pessoa descubra o que desejamos, nossas vontades estão muito claras e expostas.

Sim! As mulheres decidiram mudar as regras do jogo de sedução, já não criam muitas expectativas e querem se divertir mais. A vida é tão breve, estamos aqui agora e tudo pode mudar no próximo instante. Exatamente por isso decidimos viver melhor!

Em seu livro “A ciranda das mulheres sábias”, a psicanalista e poetisa Clarissa Pinkola Estés reverencia a maturidade feminina e faz uma comovente e profunda homenagem àquelas mulheres que souberam acumular sabedoria ao longo de suas existências. Estamos precisando falar mais sobre assuntos que importam de verdade, não é mesmo?

As mulheres 50+ estão provando que não há limite de idade para decisões importantes e novas escolhas de vida.  Muitos comportamentos que antes eram de mulheres com 30 anos, hoje estão sendo incorporados às de 50. Elas estão mudando de carreira, de relacionamento, de cidade, resolveram empreender, estão muito mais independentes financeiramente e aquela imagem antiga – da senhora pacata sentada no sofá assistindo televisão – foi substituída por mulheres maduras com looks incríveis e um estilo de vida vibrante.   

O Relatório do Boston Consulting Group (divulgado recentemente) afirma que o volume de recursos em poder das mulheres deve somar US$ 93 trilhões em 2023. Os números são promissores e acompanham a evolução da participação feminina na Bolsa de Valores brasileira.

As mulheres 50+ não aposentam seus sonhos e estão tirando os planos da gaveta, pois descobriram que recomeçar é fundamental para deixar a vida mais interessante.  Isso porque não existe idade para mudar, recomeçar e correr atrás dos nossos sonhos.

Estamos aprendendo a aproveitar a jornada, descobrir o propósito, encontrar paz na busca e fazer a mudança um pouco a cada dia

Hoje uma mulher de 50 anos está no início de inúmeras possibilidades, mesmo com a consciência de que a vida é finita. Ela sabe que o corpo não é o mesmo, mas que uma mente repleta de sonhos faz os dias mais felizes e produtivos. É a energia de uma mulher jovem, mas com muita experiência na bagagem!

Mulheres maduras não querem pertencer a ninguém, pois elas são mulheres de si mesmas! Estar solteira se torna muito mais inteligente, pois com experiência fica fácil usar bem a liberdade, não é mesmo?

“Mesmo que a passagem das primaveras tire a beleza e o frescor da mocidade, raramente o amadurecimento enfeia a mulher, a menos que ela permita, que se entregue, se abandone ao sabor do tempo sem se amar. Quem critica os outros no fundo inveja, quer ser daquele jeito. Na nossa cultura, confunde-se ter amor próprio com arrogância ou vaidade, quando na verdade nada mais é do que ter consciência da própria importância e valor. Experimente ser assim. Seja insuportável para quem não se ama. Não chegue aos lugares, aterrisse. Pense que você não nasceu, estreou. Incomode! Como diz na Bíblia, ‘seja frio ou quente, mas não seja morno, senão eu te vomito’”, diz a escritora Bárbara Reiter em seu livro “O Poder Feminino”.

Sabemos como foi difícil conquistar, por isso valorizamos muito a nossa independência. Nós mulheres maduras não buscamos apenas conforto, queremos uma maneira de alcançar aquilo que desejamos. Nós queremos lotar nossas agendas diárias fazendo as coisas da melhor forma possível, não queremos o ócio e amamos a produtividade. Mas temos a consciência de que a vida não se resume ao trabalho e aproveitamos ao máximo nossos momentos de lazer e diversão.

As mulheres 50+ estão vivendo a fase dos 30 em toda a sua plenitude. Estão aprendendo com os erros cometidos no passado, não se importando muito com o que as pessoas pensam e curtindo sua própria companhia.

E tem mais uma coisa que preciso dizer: não é sobre assumir ou não os cabelos brancos, é sobre ser feliz do jeito que você quiser viver! Não estamos preocupadas em pintar ou não os cabelos, de fazer ou não os procedimentos estéticos, isso tudo é irrelevante! As mulheres 50+ estão investindo seu tempo em fazer a mudança interior e assumir o amor próprio sem constrangimentos.

Cada uma de nós está fazendo o seu melhor com aquilo que sabe no momento. Portanto seja você mesma e entenda que a borboleta não é um milagre, ela é um processo!

About Author

Val Dantas

Criadora de Conteúdo e Designer de Interiores, apaixonada por moda, inspirando mulheres de 50+ a acreditar mais em si mesmas. @valdantas_oficial

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *